Entenda como o corpo e as emoções se relacionam

Saiba reconhecer as emoções em seu corpo e entenda como elas impactam em nossa saúde física, mental e espiritual.

As emoções – Alegria

O corpo e as emoções

Leticia Lima Terapeuta

Letícia Lima é terapeuta holística terapeuta reikiana e radiestesista.

Contato

Para agendamentos de ThetaHealing®, Oráculo das Deusas, terapia holística, radiestesia, thetahealing, divórcio energético, florais.

11 99163-0007

Ou deixe uma mensagem

O que é emoção?

Emoção é uma sensação física e emocional que é provocada por algum estímulo, que pode ser um sentimento ou um acontecimento. Vivenciar emoções é muito pessoal, elas podem ser sentidas de formas diferentes por cada pessoa. 


As emoções na atualidade

As emoções – Emoções na atualidade

É comum não darmos a devida atenção as nossas emoções na sociedade atual.

Afinal, a rotina atribulada e a agenda cheia de compromissos não nos permite olhar para algo além do planejado.

Entretanto, o tema inteligência emocional tem facilitado a abertura da racionalidade para o debate e o aprofundamento de como as emoções impactam o nosso dia a dia.

Ainda há quem acredite que falar de emoções é algo completamente intangível, já que não é algo que vemos ou pegamos, somente sentimos.

Entretanto, o corpo não mente e com as emoções, temos valiosos sinais facilmente identificados no nosso corpo.

Deixamos para depois todos os sinais que recebemos no corpo físico por meio de sensações como arrepios, dores e incômodos.

O corpo é um verdadeiro mapa das nossas emoções e dar atenção à isso é importante para  aumentar consciência de si.

O corpo e as emoções

Como o corpo e as emoções se relacionam

Embora alguns relutem em aceitar, corpo e emoções andam juntos, praticamente de mãos dadas.

A cada emoção que pulsa, o corpo tem uma reação imediata, mesmo que possamos não perceber. Quando um fala, o outro reage.

pesquisas científicas que avaliam a influência das emoções em um momento de dor e o impacto no corpo físico e como elas se relacionam constantemente. Pesquisas também apontam que quando experimentamos uma dor física e uma dor emocional, são ativadas áreas similares do cérebro.

A famosa expressão “engolir sapo” nunca fez tanto sentido.

Imagine a seguinte situação:

Você está em seu trabalho, passa por um grande aborrecimento e se segura para não expressar toda a emoção e descontentamento gerado por isso.

Imediatamente você tem a sensação de uma carga energética em seu corpo, talvez de raiva, frustração.

Talvez o que você não saiba é que essas emoções ficam “grudadas” em seu corpo até que você tenha a oportunidade de expressá-las e se não forem expressadas de uma maneira satisfatória, que simbolize o ato de extravasar aquela emoção, ela pode ficar permanentemente grudada, ou “entalada” na sua garganta.

Esse é só um dos exemplos de como as emoções se manifestam no corpo físico.

Dê atenção ao seu corpo e as mensagens que ele  está enviando para você

Alívio imediato

As emoções falam com a gente e quando não as ouvimos, elas gritam e podem se transformar em algo físico.

Os sintomas mais comuns como dor de cabeça, dificuldade para respirar, sensação de sufocamento, nó no estômago, podem passar batidos no calor da emoção, sem interpretarmos o que eles realmente representam.

Ainda mais com todos os comprimidos e analgésicos liberados para dores e incômodos simples como uma dor de cabeça corriqueira e aquele embrulho no estômago.

O alívio imediato proporcionado por tais medicamentos são apenas paliativos.

Atire a primeira pedra quem nunca trabalhou por mais de 12 horas seguidas e teve a sensação de ser atropelado por um caminhão de areia, com dores no pescoço e costas.

Sem considerar o descanso como uma opção, toma um relaxante muscular e continua trabalhando.

A mensagem que o corpo está “gritando” nesse momento é de que precisa parar, diminuir o ritmo de trabalho e descansar um pouco.

Preste atenção às suas dores físicas para ver quais necessidades o seu corpo tem.

Aprender a lidar com as suas emoções vai trazer uma melhor sensação também no nível físico.

As emoções básicas e as sensações no corpo

Identificar as sensações físicas produzidas pelas emoções é uma chave valiosa para entender como as emoções o seu corpo e as possíveis doenças ocasionadas pelo acúmulo de emoções.

Alegria

De todas as emoções básicas, talvez seja a mais positiva: está associada de forma direta com o prazer e a felicidade. 

A alegria ajuda a estabelecer vínculos sociais e a compartilhar a nossa felicidade com os outros.

Podemos acreditar que ela não tenha nenhuma função além de nos deixar, é claro, alegres, mas a alegria é uma das emoções que o corpo tem para incentivar a ação. 

Ademais, funciona como uma recompensa quando fazemos algo positivo para nós mesmos.

No corpo pode ser identificada com um aumento da frequência cardíaca e um maior ritmo respiratório. Sorriso no rosto, expansão do peito, risada, abertura corporal.

A sensação de reforço positivo que a alegria proporciona nos dá um impulso para desfrutar dos prazeres da vida como relaxar assistindo a um bom filme ou tirar o dia de folga após uma longa jornada de trabalho.

Raiva

As emoções – Raiva

A raiva é o sentimento que emerge quando nos vemos ou somos submetidos a situações que causam frustração ou hostis. 

A vivência que surge dessa emoção se categoriza como desagradável, junto a uma sensação de tensão que nos motiva a agir.

É uma emoção de muitas faces e, em muitos casos, ambígua, pois dependendo da situação pode ser vista como mais ou menos justificada.

No corpo, a raiva se expressa por uma aceleração dos batimentos cardíacos e na respiração, além do aumento da força e tônus muscular. 

A raiva tem uma função evolutiva, proporcionando os recursos necessários para enfrentar uma situação frustrante.

Quando temos que enfrentar algum perigo ou superar um desafio, é uma emoção que quando bem direcionada nos impulsiona para a ação rumo aos nossos objetivos.

Nojo

As emoções – Nojo

O nojo é uma das emoções básicas conhecidas desde os trabalhos de Darwin sobre a emoção animal.

É identificado por uma sensação de repulsa ou de evitar algo diante de uma possibilidade, seja ela real ou imaginária.

No corpo se apresenta como diversos tipos de mal-estar como dor no estômago, diarreia, náuseas.

Assim como as demais emoções, o nojo também apresenta uma função de nos afastar de estímulos que possam provocar uma intoxicação.

As náuseas e o mal-estar contribuem para evitar qualquer ingestão danosa para o corpo.

Além disso, na atual sociedade, essa emoção nos faz rejeitar os estímulos sociais tóxicos para nós.


Medo

As emoções – Medo

O medo é uma emoção instintiva que nos ajuda a identificar possíveis perigos, nos antecipar e nos proteger de uma possível ameaça.

Portanto, ele faz parte do nosso processo evolutiva tendo um grande valor para nossa sobrevivência, e é a emoção mais estudada nos animais e no ser humano.

O medo se expressa no corpo físico em sintomas como dor de estômago, tensão corporal, coração acelerado, suor, diarreia, mudança de apetite, insônia…

Esses sintomas não são exclusividade do medo, mas podem estar presentes na expressão dessa emoção.

Se você sente alguma dessas sensações corporais, pode verificar se se trata de medo ou de outra emoção que você está sentindo.

Enfim, para lidar com o medo é melhor enfrentar de frente a situação. 

Surpresa

A surpresa pode ser definida como uma reação causada por algo que não era previsto ou simplesmente inexplicado.

Ser surpreendido pode causar uma sensação de incerteza e corporalmente uma certa “moleza”.

Redução da frequência cardíaca e amplitude respiratória.

Além disso, aparece um tom de voz alto, junto a vocalizações espontâneas.

A surpresa ativa a nossa atenção e curiosidade, e normalmente é acompanhada outra emoção que vai depender da qualidade do estímulo imprevisto, mostrando assim sua positividade (alegria) ou negatividade (raiva).

Tristeza

As emoções – Tristeza

Das emoções básicas, a tristeza é a que causa sensação de maior negatividade.

Caracteriza-se por uma queda de ânimo e uma redução no nível de atividade cognitiva e de conduta.

Ademais de ser evitada a todo custo por grande parte das pessoas, cumpre funções iguais ou mais importantes que as demais emoções.

Assim, ela atua em situações onde não há nenhuma ação direta para solucionar o  sofrimento, como o falecimento de alguém próximo.

A tristeza reduz o nível de atividade, com o objetivo de economizar recursos e evitar que façamos esforços desnecessários.

Portanto, age de forma auto protetora, transformando o foco de fora para dentro.

Perceba os sinais que o seu corpo lhe dá

Se compreendermos os sinais que o corpo dá, poderemos escutar e entender a mensagem que ele envia. 

Identificar os sintomas físicos e aprender a lidar com as emoções para que não evoluam para males e dores físicas.

Olhe para o seu corpo e dê à ele o real espaço que ocupa na sua vida.

Além da sua inteligência emocional, você também irá ampliar a consciência de si.

O Corpo e as Emoções

Terapia para Equilíbrio das Emoções e Coaching no Espaço Mercúrio com hora marcada.


Siga-nos no Instagram

#somosum  #paraviverbem  #reiki  #reikienergiauniversal  #terapia  #terapiaholistica  #somosum  #espiritualidade  #autocuidado  #transformação  #atencaoplena  #felicidade  #consciência  #sabedoria  #pazinterior  #reiki  #thetahealing  #thetahealingbrasil  #selfhealers

Terapeuta Holística em Espaço Mercúrio
Letícia Lima é Coach, Mestra Reiki e Terapeuta Holística em São Paulo.
Sou uma eterna aprendiz. Apaixonada pela vida em todas as suas formas e faço do despertar um propósito de vida. Praticante de yoga e meditação, busco e compartilho uma forma de vida mais equilibrada e consciente.